BUSCA DE MINISTÉRIOS
ÁREA DE MEMBROS

Quer ser membro da LIBER? Clique aqui

Facebook Twitter App da LIBER para Google Play
ARTIGOS
Natal
Jesus, O Verdadeiro Natal, Sempre!
Eli Fernandes de Oliveira
10.12.2007

Mais um dezembro. Mais uma vez, a cidade toda

adornada para as tradicionais festividades

natalinas. Bonita? Sim, e muito: uma euforia de

luzes pisca-pisca nas ruas, nos edifícios, nas

residências; grandes árvores de natal numa

competição de brilho e beleza nos "shoppings"

e parques, músicas belíssimas, sem contar com o

forte apelo comercial para a venda dos artigos

próprios desta época do ano e dos presentes.



Contudo, ironicamente, nestas comemorações

ditas de aniversário do nascimento de Jesus, há

um grande ausente, nem sequer notado: o

próprio aniversariante. Esvaziado do sentido

teológico e de seu cumprimento profético, o

Natal deixou há muito tempo de celebrar o

nascimento do Salvador e Senhor Jesus Cristo,

para inspirar uma espécie de existencialismo,

de secularização de um cristianismo de conteúdo

profano,como propugna J. Robinson, em "Uma Nova

Reforma", debatendo a teologia da “morte de

Deus":(1)



Quem são os culpados pelo esvaziamento do

conteúdo evangélico do Natal senão aqueles

mesmos que, conscientemente, reduziram o

cristianismo à tradição, esvaziaram-no do poder

do significado do Natal predito desde a queda

do homem no Éden, sem cruz, sem Bíblia, sem sua

mensagem central – a da salvação. Natal

clericalizado, hierarquizado, rigidamente

pomposo, onde os meios acabaram por se fazer

fins em si mesmos. Esses teóricos da teologia e

da filosofia optaram, em seus concílios,

secundar, escandalosamente, os verdadeiros

princípios da hermenêutica bíblica.



A Reforma Protestante do séc. XVI significou o

despegar o centro hermenêutico de Roma e da

Igreja e coloca-lo na Bíblia podendo ser

discernida pelo homem convertido! As igrejas

reformadas e outras históricas também falharam.

Somos também culpados do Natal sem Jesus!



E no que resultou? Dentre alguns inabonáveis

males, O NATAL DE JESUS, SEM JESUS! Os céus

choram com um natal de comércio, de bebedice e

de comilança, que não tem um“parabéns para

você, Jesus", nem “parabéns" para os homens de

boa vontade que O aceitam como Senhor e

Salvador.



Convido-os a que, em nosso procedimento nestes

dias de dezembro, prevaleça o Natal bíblico

sobre o secularizado, o espiritual sobre o

material, celebrado como o Natal de que “veio

ao mundo buscar e salvar o que se havia

perdido”.



E, muito felizes, louvaremos a Deus por Jesus

ter nascido em Belém, em cumprimento das

Escrituras. E também O glorificaremos porque

Ele sempre haverá de nascer, em cumprimento à

Sua Palavra, nos corações dos que o convidam a

entrar qual a poesia do hino natalino: “Vem

Jesus, habitar comigo; em minha alma há lugar, vem já”. Amém!

CULTOS: Domingo às 10h45 e 18h, Segunda às 19h30 e Quarta e às 19h. Consulte a Programação Completa
Endereço: Rua Santo Amaro, 412 - Bela Vista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3293-2400

© 2013-2019 Igreja Batista da Liberdade. Todos os direitos reservados.
L2 Midia