BUSCA DE MINISTÉRIOS
ÁREA DE MEMBROS

Quer ser membro da LIBER? Clique aqui

Facebook Twitter App da LIBER para Google Play
ARTIGOS
Avivamento
Sobe Agora e Olha se a Chuva está por Vir
Pr. Eli Fernandes
16.08.2013

Como conseguiríamos aplicar o capítulo 18 de I Reis na vida da igreja, sem uma perspectiva de avivamento que subjaz na simbologia da aridez das terras de Israel, comparando-a ao que poderíamos chamar de “temperatura espiritual das igrejas”, de um modo geral? É como se aceitássemos que nós, os cristãos, não experimentamos um avivamento na vida pessoal e na vida da igreja porque, na verdade, não o esperamos. Elias, apesar do clima extremamente seco, de temperaturas altas, orou e esperou pelas chuvas. A Palavra do Senhor pôde ser ouvida por ele, que a repassou a seu servo: “Agora, sobe, e olha para a banda do mar”(v. 43). Não temos avivamento, meus irmãos, porque, embora orando, nossas orações são formais, sem sentimento, sem fé. Vamos ser sinceros para conosco mesmos: oramos muitas vezes para manter a igreja em funcionamento, mas poucos são os que oram pelo avivamento na igreja. Não tenho qualquer dúvida de que uma fé expressa por meio de um clima de orações fervorosas traz avivamento. Uma imagem de muitas águas passa agora por minha mente, quando leio o salmista Davi: “A ti estendo as minhas mãos. A minha alma, qual uma terra sedenta, tem sede de ti” (Sl 143.6). E complemento com a expressão: “como o cervo anseia pelas correntes de águas, assim minha alma anseia por ti, ó Deus” (Sl 42.1). Minha mente volta-se logo para o Novo Testamento e contemplo Jesus, dizendo: “Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva” (Jo 7.38).



Temos de clamar. Quando oramos, cremos e esperamos por um avivamento, Deus opera, fazendo voltar a cair a chuva refrescante, restauradora da saúde de Sua igreja.



Elias subiu, olhou para a banda do mar, orou e esperou chuva abundante (vv. 41 e 43). Ele enviou seu servo a procurá-la, mas este, voltando, disse nada haver visto. Elias manda que ele volte sete vezes lá, como quem diz: não desista! Não perca por tão pouco a esperança! Mantenha-se na expectativa quanto ao que Deus está por fazer! Esforce-se e você conseguirá reconhecer numa nuvem, do tamanho da mão de um homem, a chuva abundante. (vv. 44).



Temos acompanhado o que Deus está realizando na vida de muitas pessoas de oração de nossa igreja. Algumas que conversam comigo, tal qual Elias, não precisarão de muitos e grandes sinais para enxergar a bênção de Deus sobre nós. As evidências da operação do Senhor estão aí. Você está enxergando também avivamento? Você está reconhecendo a operação do Senhor entre nós? Oxalá sua resposta pessoal seja positiva. Amém.



- Pr. Eli Fernandes

CULTOS: Domingo às 10h45 e 18h, Segunda às 19h30 e Quarta e às 19h. Consulte a Programação Completa
Endereço: Rua Santo Amaro, 412 - Bela Vista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3293-2400

© 2013-2019 Igreja Batista da Liberdade. Todos os direitos reservados.
L2 Midia