BUSCA DE MINISTÉRIOS
ÁREA DE MEMBROS

Quer ser membro da LIBER? Clique aqui

Facebook Twitter App da LIBER para Google Play
ARTIGOS
Nossa Igreja
A Dimensão Quantitativa da Multiplicação
Pr. Walmir Vargas
13.01.2010

O crescimento qualitativo da igreja primitiva foi algo incontestável. É claro que ele refletiu a metodologia do Mestre dos mestres. Diz-nos a Bíblia que Ele "designou doze para que estivessem com ele, e os mandasse a pregar" (Mc 3.14). Este é o binômio da multiplicação: estar com Jesus e sair pregando o que Ele ensinou. Estar com Jesus leva-nos a aprender d’Ele. Isso não é algo puramente intelectivo, e sim vivencial, pois quem aprende de Jesus mostra com a vida o que aprendeu.



Os aprendizes de Jesus são enviados a pregar o Evangelho, realizando assim a dimensão quantitativa que a qualitativa exige. Podemos inferir de Marcos 3.14 que somente os que convivem com Jesus são capazes de sentir a vocação divina para a obra de fazer discípulos. Disse Ele: "Vão e façam discípulos". São esses os que ouvem a voz do Pastor porque estão perto d’Ele, ovelhas que estão comprometidas em gerar outras ovelhas. Portanto, uma igreja evangelizadora é feita de gente que anda com o Mestre e reproduz em suas vidas a vida de Jesus. Uma ovelha saudável nasce de outra igualmente com saúde. Somente assim as igrejas envolvidas com a evangelização crescerão com novas ovelhas, novas criaturas, que não são apenas números vazios que revelam um falso crescimento quantitativo. Este, não é feito apenas de números, mas de novos convertidos.



À luz dos ensinos do Mestre e da história do crescimento da igreja primitiva, não tem consistência o "slogan" que privilegia a qualidade como uma espécie atenuante da desonra de um inexpressivo crescimento : "É melhor sermos poucos com Deus do que sermos muitos sem Deus". Todavia, também não se pode contestá-lo. Sua verdade é óbvia. Mas, o que Jesus espera de nós é que sejamos muitos com Deus. Porque não é possível pensarmos em ser poucos, quando o Mestre nos mandou ir ao mundo e fazer discípulos de todas as nações. Sem dúvida, com isso, Ele pensou também em grande quantidade.



A igreja primitiva anunciava seu crescimento em cada manifestação do Espírito Santo na vida e no testemunho de seus membros. Quando Pedro pregou sua poderosa mensagem evangelística, Lucas informou os resultados numéricos deste evento, em Atos 2.41, dizendo: "De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas". O médico amado prepara-nos para este resultado quando nos informa, lá no começo de seu relato, que "Habitavam então em Jerusalém judeus, homens piedosos, de todas as nações que há debaixo do céu" (At 2.5). Ora, se o mundo estava presente em Jerusalém no Pentecostes, isso se constituía em excelente oportunidade de evangelização. As notícias sobre o crescimento quantitativo são relativamente frequentes no livro de Atos, sempre anunciadas como bênção de Deus, como lemos em Atos 5.14: "e cada vez mais se agregavam crentes ao Senhor em grande número, tanto de homens como de mulheres"(Conf. At 2.47). Observe a expressão em tom crescente: "e cada vez mais".



Em três outros versículos, o fator multiplicação como definidor da forma de crescimento quantitativo da igreja é empregado: (1) relacionado com a penetração da evangelização na alta sociedade: "E divulgava-se a palavra de Deus, de sorte que se multiplicava muito o número dos discípulos em Jerusalém e muitos sacerdotes obedeciam à fé" (At 6.7); (2) relacionado com a dimensão qualitativa do crescimento: "Assim, pois, a igreja em toda a Judéia, Galiléia e Samária tinha paz, sendo edificada, e andando no temor do Senhor; e, pelo auxílio do Espírito Santo, se multiplicava" (At 9.31); (3) e fazendo parte da natureza da mensagem evangelizadora: "E a palavra de Deus crescia e se multiplicava" (At 12.24).



Eis nosso desafio nesse ano. Temos certeza de que você, meu irmão, não ficará de fora de todos os projetos multiplicadores de nossa Igreja em 2010. Sem sua participação não seremos mais, pois na matemática Divina do crescimento multiplicador você tem de valer pelo menos por dois!

CULTOS: Domingo às 10h45 e 18h, Segunda às 19h30 e Quarta e às 19h. Consulte a Programação Completa
Endereço: Rua Santo Amaro, 412 - Bela Vista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3293-2400

© 2013-2019 Igreja Batista da Liberdade. Todos os direitos reservados.
L2 Midia