Libernet

Editorial

Sobre > Editorial
25 de fevereiro de 2021

Gratidão transformada em Ação!

A narrativa completa está registrada em 2 Reis 6.24 – 7.20.
O cerco implacável imposto por Ben-Hadade, rei da Síria, gerou uma fome sem precedentes na cidade de Samaria, capital do Reino de Israel. O comércio, por assim dizer, estava em confusão. Os samaritanos, desesperados diante da calamidade, já estavam tomando medidas extremas, como foi o caso daquelas duas mulheres que acertaram alimentar-se dos próprios filhos. O rei Jeorão de Israel anunciou que queria a cabeça do profeta Eliseu. Em suma: uma confusão trágica e generalizada em Israel!
Assolados pela fome, quatro leprosos chegaram ao arraial dos sírios. Para surpresa deles, não havia uma viva alma, como se diz. Aqueles leprosos puderam se alimentar fartamente e ainda tiveram acesso a inúmeras peças de roupa.
Exatamente nesse contexto histórico a passagem bíblica menciona uma atitude extraordinária da parte deles.
É o que lemos em 2 Reis 7.8-11:
“Tendo chegado às imediações do acampamento os leprosos entraram numa das tendas. Comeram e beberam; pegaram prata, ouro e roupas e saíram para esconder tudo. Depois voltaram e entraram noutra tenda, pegaram o que quiseram e esconderam isso também. Então disseram uns aos outros: "Não estamos agindo certo. Este é um dia de boas notícias, e não podemos ficar calados. Se esperarmos até o amanhecer, seremos castigados. Vamos imediatamente contar tudo no palácio do rei". Então foram e chamaram as sentinelas da porta da cidade e lhes contaram: "Entramos no acampamento arameu, e não vimos nem ouvimos ninguém. Havia apenas cavalos e jumentos amarrados, e tendas abandonadas". As sentinelas da porta proclamaram a notícia, e ela foi anunciada dentro do palácio”.
Aqueles quatro leprosos transformaram sua gratidão em ação. Ação de proclamação das boas-novas ao rei e a toda a nação!
Que exemplo notável para cada um de nós!
Em 1 Pedro 2.9-10 lemos: “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes vocês nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam”.
Cumpramos nossa missão!
Tenhamos todos um ABENÇOADO DIA DO SENHOR!
Um abraço do seu
Pastor Fausto
Redes sociais
Libernet
© 2020 Igreja Batista da Liberdade - Todos os direitos reservados